Próximos passos na Talentun.
2 min read

Próximos passos na Talentun.

Tenho andado silencioso em relação à Talentun.

A verdade é que precisei de fazer uma pausa. Por mim, e pela Talentun.
Volto agora a escrever pois senti que estava a quebrar a minha promessa de incutir transparência na comunidade. Quero que a Talentun seja uma verdadeira Open Startup, o que inclui falar sobre as dificuldades pelas quais passo na construção desta comunidade.

Vamos a isso.

Os últimos meses.

Se reparares na nossa dashboard de métricas, vês que o crescimento tem abrandado. Parei de promover a comunidade, o que se reflete nos números.

Com tempo limitado, tem sido difícil encarar todas as tarefas. Pensei muito  sobre o tema, e creio ter encontrado uma solução. Um caminho que vai levar a comunidade para a frente.

A hipótese em cima da mesa é abandonar a nossa estrutura atual de comunidade - o que vês no domínio app.talentun.co - e simplificar, para libertar recursos.

Deste modo, não perco tempo a resolver problemas na plataforma, e posso focar-me em trazer estudantes e mentores e alimentar esta comunidade. Afinal, este é o nosso verdadeiro propósito.

A plataforma que parece mais sólida é o Circle. Considerei outras opções como o Discord e o Slack, mas pareceram-me demasiado informais e rígidas, respetivamente.

Com uma nova estrutura, mudamos a forma como fazemos as coisas.

O novo modelo.

Precisamos de resolver duas componentes: distribuição e monetização.

A distribuição é relativamente simples. O nicho estudantil está bem estruturado, através de núcleos, associações e universidades, pelo que com mensagens segmentadas podemos chegar facilmente aos estudantes-alvo. Se entregarmos valor aos estudantes, eles inscrevem-se.

A monetização é mais complexa. Mas vejo futuro. Apesar de ser um mercado competitivo, creio que haja espaço para a Talentun. Eis os dois planos que tenho em mente:

  • Plano Base: 50€/Mês. A empresa tem acesso à comunidade, com um espaço reservado onde pode falar sobre a sua cultura, publicar ofertas na job board e receber perfis filtrados por mim. É um pequeno investimento que vai poupar centenas de euros em custos de recrutamento e de retenção de talento.
  • Plano Plus: preço personalizado. Para grandes empresas, que querem divulgar a sua marca de empregador. Dependendo do seu orçamento e disponibilidade, podem usar a comunidade ou as nossas redes sociais e newsletter para divulgar a sua marca.

São planos simples que constituem uma base sólida para começar e que ajudam definitivamente as empresas a captar talento. É provável que os preços aumentem com o tempo, conforme a comunidade for ganhando força.

Ao mesmo tempo, também está em cima da mesa uma monetização no lado dos estudantes. Isto seria um serviço premium, e não relacionado com a comunidade atual, que continuaria gratuita.

Internacionalização.

Há esta questão em cima da mesa.

Ainda estou a pensar na melhor forma de o fazer. Existe o entrave de as empresas quererem contratar localmente em 95% dos casos - não vêm valor em estar em contacto com estudantes internacionais e pagar por isso.

Do lado dos estudantes, já existe mais potencial. Contudo, a disponibilidade para pagar é baixa, pelo que a oferta que lhes é apresentada tem de ser muito apelativa.

Os próximos passos.

Vou falar com estudantes e mentores nos próximos dias, para perceber qual a melhor estrutura para a nova comunidade. O objetivo é lançar isto antes do inicio do próximo ano letivo. Podes acompanhar a lista de tarefas aqui.

Enquanto encontrar formas de iterar, não vou parar.